O que é o Skysurf

O skysurf é uma das modalidades mais radicais do paraquedismo. É uma atividade onde todos os paraquedistas experientes têm a liberdade de se exprimir e mostrar ao mundo a sua criatividade e fantasia interior. Saiba o que é o Skysurf e descubra porque é que esta modalidade é uma das mais arrojadas e que mais adrenalina faz correr nas veias dos seus praticantes.

O que é o Skysurf?

O skysurf é uma modalidade do paraquedismo que é praticada em queda livre. Trata-se de um desporto que tem vindo a atrair milhares de adeptos em todo o mundo, dada a espetacularidade da modalidade e a criatividade dos seus atletas. Os atletas têm a possibilidade de surfar os céus ao longo de uma descida vertiginosa e, ao mesmo tempo, demonstrar todas as suas capacidades e habilidades artísticas. É uma modalidade alucinante, pois os atletas dispõem apenas de 45 segundos para realizar a sua prova e abrir o pára-quedas. O tempo é calculado pela distância percorrida desde o momento do salto (4.000 metros), até ao momento em que o pára-quedas é aberto (800 metros, por questões de segurança).
Numa competição, o skysurf praticado pelas equipas será avaliado por um conjunto de juízes que se encontram no solo.

A constituição das equipas

No skysurf, os paraquedistas organizam-se em duplas que são constituídas pelo skysurfer e o cameraflyer. Ambos saltam de um avião, balão, ou helicóptero a uma altura obrigatória (4.000 metros) e, em queda livre, realizam uma série de acrobacias aéreas verdadeiramente estonteantes.
O skysurfer salta com uma prancha especial (50cm para os iniciantes e 1,5m para os mais avançados) que se encontra presa aos pés e à medida que vai descendo realiza uma série de movimentos de rotação, como curvas amplas de 360 graus, loopings e manobras radicais e geométricas. É uma modalidade que apresenta algumas características do snowboard, com as habilidades apreendidas do paraquedismo freestyle.

Por outro lado, o cameraflyer grava em vídeo a prova do skysurfer, numa câmara de vídeo que está montada no seu capacete, mas também contribui com o seu desempenho artístico e com as suas habilidades de voo. Numa competição, o trabalho em equipa é recompensado e a interação demonstrada entre eles (skysurfer e cameraflyer) em conjunto com a sintonia de movimentos valem pontos extra que podem fazer toda a diferença no momento de decidir o vencedor.

É um desporto verdadeiramente alucinante, pois em queda livre e até aos 800 metros do solo, as duplas têm de demonstrar todas as suas capacidades na realização de manobras que chegam a ultrapassar a barreira dos 300 km/hora.

A experiência

A experiência dos paraquedistas é um dos requisitos obrigatórios para a prática da modalidade. Este desporto radical requer muita autonomia e experiência, por isso é que esta atividade está reservada apenas aos paraquedistas que já realizaram mais de 200 saltos tradicionais.
O skysurf como modalidade desportiva foi reconhecido em 1996 pela FAI (Federação Aeronáutica Internacional) e desde então que ocupa um espaço de destaque nos meios de comunicação social e na agenda pública. Nos próximos anos estima-se que esta modalidade cresça ainda mais para deleite de todos os seus atletas e adeptos.

Nacional: